Fora de prumo F! #16. Make Architecture Beautiful Again

Quando o brutalismo é proibido por decreto.

Em dezembro de 2020 foi assinado por Donald Trump, então ainda Presidente dos EUA, um decreto federal que recomendava o uso de arquiteturas de características clássicas nos novos edifícios federais estadunidenses, bem como impunha fortes restrições às arquiteturas associadas ao modernismo ou a vertentes contemporâneas. A minuta do decreto havia vazado em fevereiro e desde então fora recebida com doses tanto de escárnio quanto de indignação: por um lado, não foi levada a sério, por outro, logo surgiram associações entre regimes autoritários e o recurso a estéticas classicizantes — associação possível, ainda que problemática. Discutimos neste programa as relações entre a arquitetura, propaganda e poder.

OUÇA AQUI!

Participantes

Neste episódio contamos com a presença especial de Nathalia Ellis, arquiteta brasileira que há vários anos mora e trabalha em Vermont, nos EUA. Participaram ainda Arthur Francisco, Gabriel Fernandes e Kim Cyrillo.

Sumário

  • 38s. Introdução
  • 3min. Conversa

Complementos

Curta, siga, compartilhe e acompanhe o Fora de prumo em nossas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

  • O texto do decreto assinado por Trump encontrava-se até há alguns dias neste endereço no site da Casa Branca, contudo ele foi curiosamente retirado do ar. Você ainda pode acessá-lo no Wayback Machine. Verifique também as diretrizes oficiais para a arquitetura federal dos EUA, definidas pelo US General Services Administration.
  • No início do mandato de Donald Trump, o pesquisador e professor Reinhold Martin publicou no Places Journal um artigo em que comentava o que significava sua ascensão e suas relações com o mundo da arquitetura: The Demagogue Takes the Stage. Ao longo do episódio comentamos a respeito do livro Utopia’s Ghost. Architecture and Post-Modernism, Again, escrito pelo mesmo Martin e publicado em 2010. No livro, Martin fala, entre outros assuntos, da disputa entre os “Brancos” e os “Cinzas” entre os anos 1960 e 1970, comentada também no último capítulo do clássico A esfera e o labirinto de Manfredo Tafuri. Ambos os livros, infelizmente, ainda não possuem traduções em português.
  • O Instituto Estadunidense de Arquitetos (American Institute of Architects, AIA), assim como várias outras organizações, expressou seu repúdio ao conteúdo do decreto assinado por Trump.
  • O crítico britânico Edwin Heathcoate publicou no Finacial Times um texto a respeito do brutalismo e dos preconceitos associados ao movimento, visto que este se trata de um dos principais “vilões” presentes no decreto de Trump. Uma versão traduzida do texto foi publicada na Folha de S.Paulo: Entenda por que Trump demoniza o estilo brutalista, símbolo do modernismo. (a tradução infelizmente possui alguns deslizes, como se referir ao concreto armado como “concreto reforçado”)
  • Comentamos no programa sobre o texto da professora Lyra Monteiro, publicado na revista Hyperallergic, em que se estabelecem de forma mais profunda as relações entre o decreto de Trump e a simbologia do supremacismo branco. Diversos outros veículos na internet também comentaram o decreto, como o Dezeen e The Atlantic.
  • Saiba mais sobre Paul R. Williams, arquiteto negro que atuou na Califórnia em meados do século 20 num período ainda de intensa segregação.
  • Comentamos brevemente o filme soviético A ironia do destino (título original: Ирония судьбы, или С лёгким паром!, ou Ironiya sudby, ili S lyogkim parom!). A animação de abertura é um curioso comentário sobre o trabalho do arquiteto naquele momento e pode ser vista no Youtube.

Na abertura deste programa foram utilizados trechos curtos dos seguintes materiais:

Trilha sonora

Confira nossa playlist com todas as músicas tocadas em nossos episódios no Spotify.

#foradeprumoacessível

Num fundo laranja consta um boné com os dizeres “Make America Great Again” (“Faça a América grande novamente”). No canto inferior esquerdo consta a inscrição “F! #16”.

Publicado por

gabriel fernandes

Para imagens: flickr.com/gaf Para textões: arquiteturaemnotas.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s