Fora de prumo F! #12. A roda. Reinventada. Por apenas R$6.000

Com frete grátis e 10% de desconto à vista!

Há algumas semanas, muitos se espantaram com o preço cobrado pela Apple pelo conjunto de 4 rodízios metálicos destinados a servir de suporte ao seu computador Mac Pro. Em sua loja brasileira, a empresa cobra aproximadamente absurdos SETE MIL REAIS pelas quatro rodinhas. O preço original — 700 dólares — também é desanimador quando levamos em conta o fato dessas quatro rodinhas em aço inoxidável serem mais caras que seu principal produto, o iPhone. Muito já se falou sobre isso: foram vários os canais do YouTube, por exemplo, que se dedicaram a comentar o assunto. Goste-se ou não desse valor exorbitante, contudo, ele colabora decisivamente para manter ativo e ainda mais intenso o falatório em torno da companhia — talvez, aliás seja essa uma das razões por trás desse preço. Neste programa partimos dessa discussão para debater de que forma a Apple mobiliza aspectos formais, de exclusividade, de distinção e de “bom design” para vender produtos de consumo de massa cada vez mais caros.

Continuar lendo Fora de prumo F! #12. A roda. Reinventada. Por apenas R$6.000

Fora de prumo F! #11. Autoconstrução

Sonho máximo da modernidade ou pesadelo cotidiano das nossas periferias?

A autoconstrução das residências da população de baixa renda é lida há décadas como um dos indícios mais evidentes de como no Brasil a reprodução da força de trabalho é tarefa relegada à própria classe trabalhadora: na ausência de Estado de Bem-Estar Social, não há qualquer necessidade aos olhos das elites de promover estímulos “gratuitos” para a melhoria da qualidade de vida do imenso exército industrial de reserva. Por outro lado, experiências contra-hegemônicas veem em processos de autoconstrução — como em mutirões — potencialidades de transformação.

Continuar lendo Fora de prumo F! #11. Autoconstrução

Fora de prumo F! #10. Objetos de desejo

Todo mundo tem um fetiche. Pra todo fetiche tem um produto.

Nesse episódio conversamos a respeito da relação entre o desenvolvimento de um produto e as expectativas que se criam sobre estes. Desejo, alegria, frustração… Estamos preparados para lidar com uma indústria pronta para manipular nossas emoções?

Continuar lendo Fora de prumo F! #10. Objetos de desejo

Fora de prumo F! #9. Lugares de memória difícil

Memória da dor: para que nunca mais aconteça, para nunca mais esquecer.

Certos lugares reúnem em si aspectos simbólicos fortemente impactantes para a memória de determinados grupos: tratam-se de lugares de “memória difícil”, visto que participaram de episódios traumáticos na vida de grupos muitas vezes marginalizados ou em condição de fragilidade institucional. Outros lugares são símbolos de processos de construção de direitos de cidadania, seja por terem sido palco de eventos relevantes para esta construção, seja por sintetizarem certos anseios e desejos de determinados grupos. Outros são ainda difíceis de manejar pois simbolizam a violência dos vencedores da história. Como lidar com esses lugares? Basta conservar sua materialidade? Como sua memorialização pode não se transformar em mera folclorização de suas histórias? Eles têm poder de agência na construção de direitos?

Continuar lendo Fora de prumo F! #9. Lugares de memória difícil

Fora de prumo F! #8. Acessibilidade

Acessibilidade como direito básico. Barreiras existentes e objetivos a serem alcançados para além da NBR 9050.

Quais são os conceitos de acessibilidade, de onde eles surgiram e porque são importantes na construção de uma sociedade mais democrática? Com o fortalecimento de grupos que lutam pela inserção cada vez maior de pessoas com necessidades especiais na vida pública (mercado de trabalho, educação, convívio urbano, lazer etc.) temos de nos perguntar o que isto afeta em nossa atuação profissional e como traduzimos em nossas cidades, edificações e design de produtos.

Continuar lendo Fora de prumo F! #8. Acessibilidade

Fora de prumo F! #7. Copa Fora de Prumo da mobilidade urbana

Que comecem os jogos: em uma disputa acirrada os modais de transporte participam da Copa Fora de Prumo da Mobilidade Urbana

Acompanhando o ritmo de Copa o Fora de prumo avaliou nesse episódio algumas modalidades de transporte urbano: skate, patinete, bicicleta, moto, carro, ônibus e trem/metrô. O ranking foi elaborado de forma imparcial, ou quase imparcial (tá bom, nada imparcial), seguindo os critérios: versatilidade, segurança, impacto ambiental, impacto urbano, acessibilidade, conforto, velocidade, capacidade, custo, liberdade, ludicidade e revolucinariedade. A pontuação foi justificada pelos participantes usuários, não usuários e traumatizados pelos itens avaliados. Quer saber o resultado? Qual modal levou a taça? A VERDADE está aqui!

Continuar lendo Fora de prumo F! #7. Copa Fora de Prumo da mobilidade urbana

Fora de prumo F! #6. Sustentabilidade. Parte 2: da colmeia à geodésica

Após passar uma hora discutindo sobre sustentabilidade e arquitetura no episódio passado, finalmente chegamos na parte da arquitetura.

Na edição F! #5 do Fora de prumo começamos uma conversa sobre as várias dimensões da ideia de sustentabilidade. Apontamos abordagens que a tomam de uma perspectiva positiva, de uma perspectiva negativa e crítica. Falamos sobre ecossocialismo, cosmopolítica, desenvolvimento sustentável, entre outros assuntos. Neste episódio conversamos sobre a problemática da sustentabilidade e dos vários discursos associados a ela no universo da arquitetura: qual o impacto de edifícios e cidades no consumo de recursos naturais? Qua experiências já se promoveram a fim de atacar os problemas ligados à ecologia, às mudanças climáticas e o uso racional de recursos no mundo da arquitetura? Neste episódio falamos de ilhas, abelhas, maçãs, colmeias, geodésicas e fossas.

Continuar lendo Fora de prumo F! #6. Sustentabilidade. Parte 2: da colmeia à geodésica