F! #5

Fora de prumo F! #5. Sustentabilidade. Parte I: A queda de atîku

O verde é a cor da natureza, do dinheiro ou de uma bela dor de barriga?

Nos últimos 30 anos o discurso da sustentabilidade vem sendo apresentado, ora com maior intensidade e em espaços hegemônicos, ora de forma mais marginal, como quase uma panaceia para a solução da grave crise ecológica que o ser humano vem enfrentando no planeta que o destino escolheu para ele habitar. “Ser sustentável” se transformou num imperativo quase inquestionável: o verde, afinal, é a cor das florestas que devem ser protegidas, é a cor-símbolo da ecologia e do ambientalismo e é, oportunamente, também a cor do dinheiro e das esmeraldas. Do que se trata afinal o discurso da sustentabilidade? É uma falácia ideológica que mascara a destruição ambiental inerente ao desenvolvimento capitalista ou é uma alternativa inescapável ao crescimento irresponsável de nossos dois últimos séculos? De que forma produtos, mercadorias, objetos, arquiteturas e cidades lidam com essa temática?

A conversa está dividida em duas partes: a próxima irá ao ar no dia 22 de maio. Nessa primeira parte do programa discutimos sobre o conceito de “desenvolvimento sustentável”, seus limites e potencialidades. Abordamos as diferentes abordagens sobre o problema, suas contradições e complexidades.

E também falamos sobre renas.

OUÇA AQUI!

Sumário

  • 1min43s. Preâmbulo.
  • 6mi27s. Conversa.
  • 55min18s. Em tese.
  • 1h30min44s. Microcrônica.

Participantes

Participaram da conversa Arthur Francisco, Gabriel Fernandes, Maíra André e Victor Dariano. Introdução, narração e inserções de Carolina Pedroso. Texto de encerramento de autoria de Angelo Regis.

Na seção Em tese Arthur entrevista André Luís de Lima, co-autor com Guilherme Freitas Grad e João Serraglio do recém-lançado livro Hans Broos — memória de uma arquitetura. O livro apresenta a trajetória do arquiteto eslovaco Hans Broos, formado em arquitetura na Alemanha em 1949 e estabelecido no Brasil em 1953. Broos foi responsável por uma extensa obra arquitetônica, desenhando residências, fábricas, templos religiosos, complexos arquitetônicos, entre outros projetos.

Complementos

Trilha sonora

Acompanhe nossa playlist no Spotify, com todas as músicas tocadas nos episódios.

#foradeprumoacessível

Uma rena olha para a esquerda da tela. Seus enormes chifres ocupam a maior parte da imagem. Uma camada de cor vermelho cobre a fotografia e em um recorte no canto inferior esquerdo está a marcação “F! #5”.

Publicado por

gabriel fernandes

Para imagens: flickr.com/gaf Para textões: arquiteturaemnotas.com

3 comentários em “Fora de prumo F! #5. Sustentabilidade. Parte I: A queda de atîku”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s